ANP – abasteça sua mente de estudo e seja aprovado

ANP-concursod

A ANP proporciona ganhos elevados e a possibilidade de trabalhar em cidades como o Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Salvador. Com o petróleo cada vez mais raro no mundo faz-se necessário uma maior valorização da instituição no Brasil e consequentemente ter mais servidores para trabalhar e manter a ANP organizada e funcionando de forma eficaz. Inicie agora seus estudos e esteja preparado quando o edital sair.

A Instituição

Foi criada em 1997. A ANP é uma autarquia vinculada ao Ministério de minas e energia. Responsável pela Regulação do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. Tem como finalidades: Regulação – estabelecer regras para o funcionamento das indústrias e do comércio de óleo, gás e biocombustíveis; Contratação – Promove licitações e assinar contratos e Fiscalização – Faz cumprir as normas.

Cargos

O cargo que exige formação em qualquer área de nível superior é o de Especialista em Regulação de Petróleo e Derivados, Álcool Combustível e Gás Natural (área 01 ou área 07).

Para nível médio temos os cargos de Técnico em Regulação de Petróleo e Derivados, Álcool Combustível e Gás Natural (Especialidade: Geral) e de Técnico Administrativo (Especialidade: Apoio Administrativo).

Local De Trabalho

As vagas da ANP normalmente são para o Rio de Janeiro – RJ, mas pode haver vaga para Brasília, São Paulo, Belo Horizonte, Manaus, Porto Alegre ou Salvador.

Remuneração E Jornada De Trabalho

Os salários iniciais na ANP são:

  • Especialista em Regulação de Petróleo e Derivados, Álcool Combustível e Gás Natural = R$ 11.974.49;
  • Técnico em Regulação de Petróleo e Derivados, Álcool Combustível e Gás Natural = R$ 5.957.52;
  • Técnico Administrativo = R$ 5.689.52.

A jornada de trabalho na ANP é de 40 horas semanais para todos os cargos.

Disciplinas Para Estudar

Especialista em Regulação de Petróleo e Derivados, Álcool Combustível e Gás Natural (área 01):

  • Conhecimentos Gerais: Português; Inglês; Informática; Direito Administrativo; Direito Constitucional; Estrutura da Indústria do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis; Noções de Estrutura e Regulação da Indústria Petrolífera; Legislação Ambiental.
  • Conhecimentos Específicos: Direito Administrativo; Direito Constitucional; Direito Econômico e da Concorrência; Direito Civil; Direito Empresarial e Societário; Noções de Teoria Geral do Processo; Direito Ambiental; Direito do Petróleo; Regulação Econômica e Agências Reguladoras; Qualidade Regulatória.
  • Redação e 02 Questões sobre Conhecimentos Específicos.

Especialista em Regulação de Petróleo e Derivados, Álcool Combustível e Gás Natural (área 07):

  • Conhecimentos Gerais: Português; Inglês; Informática; Direito Administrativo; Direito Constitucional; Estrutura da Indústria do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis; Noções de Estrutura e Regulação da Indústria Petrolífera; Legislação Ambiental.
  • Conhecimentos Específicos: Estrutura da Indústria do Petróleo; Direito do Consumidor; Legislação Ambiental; Função Reguladora na Constituição; Regulação; Contrato de Concessão e Partilha; Matemática Financeira; Regulação Econômica; Defesa da Concorrência; Análise de Risco; Análise de Projetos; Tributação do Petróleo.
  • Redação e 02 Questões sobre Conhecimentos Específicos.

Técnico em Regulação de Petróleo e Derivados, Álcool Combustível e Gás Natural (Especialidade Geral):

  • Conhecimentos Gerais: Português; Inglês; Informática; Direito Administrativo; Regulação da Indústria de Petróleo, Gás Natural, seus derivados e Biocombustíveis; Regulação e Agências Reguladoras;
  • Conhecimentos Específicos: Noções de Direito do Consumidor; Noções de Direito Penal; Noções da Lei das Penalidades; Noções de Processos Administrativos; Noções de Legislação da indústria, da fiscalização e do abastecimento do petróleo, de seus derivados e do biodiesel; Noções sobre a Indústria do Petróleo e Gás; Noções de Defesa da Concorrência e Políticas Pró-competitivas; Matemática.

Técnico Administrativo:

  • Conhecimentos Gerais: Português; Informática; Direito Administrativo; Regulação da Indústria de Petróleo, Gás Natural, seus derivados e Biocombustíveis; Regulação e Agências Reguladoras;
  • Conhecimentos Específicos: Matemática; Contabilidade Pública; Noções de Administração Pública: Licitações e Contratos; Noções de Administração de Pessoal, de material e serviços; Noções de Arquivologia.

Curso De Formação

Apenas para os cargos de Especialista em Regulação. É realizado no Rio de Janeiro com carga horária de 80 horas.

ANP-fiscalização

Detalhes Do Último Concurso

A banca CESPE organizou a última seleção da ANP em 2012 para os cargos de nível superior. As provas foram no sistema “certo” ou “errado” com 120 questões. Houve redação e duas questões discursivas.

Nos cargos de nível médio a última seleção foi em 2008 tendo como organizadora a Banca CESGRANRIO. A prova da ANP foi de “múltipla escolha” com 70 questões para Técnico de Regulação e 65 questões para Técnico Administrativo.

A distribuição da quantidade de questões por disciplina para os cargos de nível superior foi em conhecimentos básicos (50 questões) da seguinte forma: 18 de Português; 04 de Inglês; 04 de Informática; 06 de Direito Administrativo; 05 de Direito Constitucional; 05 de Estrutura da Indústria do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis; 04 de Noções de Estrutura e Regulação da Indústria Petrolífera e 04 de Legislação Ambiental.

Na parte específica (70 questões) para o cargo de Especialista em Regulação (área 01) foram 09 de Direito Administrativo; 08 de Direito Constitucional; 08 de Direito Econômico e da Concorrência; 08 de Direito Civil; 08 de Direito Empresarial e Societário; 06 de Noções de Teoria Geral do Processo; 06 de Direito Ambiental; 06 de Direito do Petróleo; 06 de Regulação Econômica e Agências Reguladoras e 04 de Qualidade Regulatória. Para o cargo de Especialista em Regulação (área 07) tivemos 70 questões dos assuntos de Estrutura da Indústria do Petróleo; Direito do Consumidor; Legislação Ambiental; Função Reguladora na Constituição; Regulação; Contrato de Concessão e Partilha; Matemática Financeira; Regulação Econômica; Defesa da Concorrência; Análise de Risco; Análise de Projetos; Tributação do Petróleo.

No cargo de Técnico Administrativo teve 15 questões de Português; 05 de informática; 09 de Direito Administrativo e 06 de Regulação da Indústria de Petróleo, Gás Natural, seus derivados e Biocombustíveis e Regulação e Agências Reguladoras. Na parte específica tivemos 15 de Matemática; 03 de Contabilidade Pública; 03 de Noções de Administração Pública: Licitações e Contratos; 03 de Noções de Administração de Pessoal, de material e serviços e 06 de Noções de Arquivologia

Para o Cargo de Técnico de Regulação foram 15 questões de Português; 05 de Inglês; 05 de Informática; 09 de Direito Administrativo e 06 de Regulação da Indústria de Petróleo, Gás Natural, seus derivados e Biocombustíveis e Agências Reguladoras. Na parte de Conhecimentos Específicos tivemos 01 de Noções de Direito do Consumidor; 02 de Noções de Direito Penal; 02 Noções da Lei das Penalidades; 02 de Noções de Processos Administrativos; 01 de Noções de Legislação da indústria, da fiscalização e do abastecimento do petróleo, de seus derivados e do biodiesel; 01 de Noções sobre a Indústria do Petróleo e Gás; 05 de Noções de Defesa da Concorrência e Políticas Pró-competitivas; 15 de Matemática.

Concorrência e Notas

Verifique abaixo os inscritos; número de vagas e a menor nota para se classificar na ANP:

  • Especialista em Regulação (área 01): 3.368 para 13 vagas. Menor nota: 103.15;
  • Especialista em Regulação (área 07): 4.440 para 16 vagas. Menor nota: 92.90;

Obs: a prova valia no máximo 160 pontos:

  • Técnico em regulação: 1.816 para 03 vagas (no RJ); 825 para 07 vagas (no DF); 1.322 para 05 vagas (em SP); 1.653 para 02 vagas (na BA).
  • Menor nota foi: 112.00 (no RJ); 103.60 (no DF); 115.20 (em SP) e 114.40 (na BA).
  • Técnico Administrativo: 24.870 para 34 vagas (no RJ) e 5.581 para 16 vagas (no DF).
  • Menor nota: 117.20 (no RJ) e 110.60 (no DF);

Obs: prova valia no máximo 145 pontos.

Para vencer essa concorrência estude de forma correta. Veja preciosas dicas neste vídeo de apresentação de um curso que te ajuda a triplicar suas chances mesmo com pouco tempo para estudar (clique aqui e confira).

 Validade do último Concurso

Para os cargos de técnico a validade já expirou há anos e foi confirmado novo concurso. Para os cargos de nível superior a validade vai até junho de 2015 e muito provavelmente em 2016 teremos novo concurso da ANP e com isso já é hora de começar os estudos.

Acompanhe as noticias em “próximos editais” e saiba mais sobre quando teremos esse concurso da ANP.

Este artigo foi útil para você? Então curta este artigo e deixe um recado!

Um grande abraço,

Everton Carlos

Upgrade Concursos

Gostou, Compartilhe!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *